Começando a programar na linguagem Kotlin – Parte 6
Básico Kotlin

Começando a programar na linguagem Kotlin – Parte 3





Nesse tutorial Começando a programar na linguagem Kotlin – Parte 3 vou descrever como usar alguns recursos da linguagem assim como comentários e importação.

Primeiramente vou falar um pouco sobre comentários, importações e por último pacotes.

Essa é uma parte pequena sobre kotlin, mas uma parte muito importante para a programação.

Comentários

Os comentários são parte muito importante no seu aplicativo para quem está desenvolvendo, ou vai pegar depois o código para ler, então faça sempre comentários em suas linhas para que outra pessoa possa entender oque foi feito e você possa se relembrar quando já tiver passado um tempo que você não via o arquivo.

Vou dar exemplos de comentários para que fique mais fácil de entender como eles funcionam.

ex:

package br.com.uware.aprendendo.parte3.comentario

/* Este é um comentário
em várias linhas.
Podemos colocar:
Autor: Rodrigo Leutz
Licença: GPL
*/

// Esse é um comentário de uma linha.

// Função exemplo que irei importar no próximo exemplo
fun ola(){
println("Olá Mundo!")
}

// Outra função para importar com caractere curinga
fun readWrite(){
println("Digite algo:")
var str = readLine()
println("Imprimindo algo: "+str)
}

 

Espero que tenha ficado claro o porque utilizar comentários em seu código.





Pacotes

Os pacotes são palavras usadas para separar os arquivos(classes, funções e propriedades) em namespaces, você pode utilizar desses nomes para importar suas funções em diferentes arquivos.

Para deixar estas palavras com um melhor entendimento acredito que com um exemplo seja mais útil, então de uma olhada no topo do exemplo anterior onde tem a palavra package.

O nome do pacote é utilizado para dar o FQN(Fully Qualified Name) ou seja ter um nome totalmente qualificado, não pode ter um nome que exista em outros pacotes utilizados.

Importação

Para poder utilizar de recursos criados em outros arquivos você deve importar o arquivo pelo nome do pacote ao qual se referencia a função a ser usada.

ex:

package br.com.uware.aprendendo.parte3.importar

import br.com.uware.aprendendo.parte3.comentario.ola
import br.com.uware.aprendendo.parte3.comentario.readWrite

// Main com função importada
fun main(){
ola()
readWrite()
}

 

Você pode renomear funções ao importar então para isso utilize as e o nome que deseja utilizar após o import como no seguinte exemplo.

ex:

package br.com.uware.aprendendo.parte3.importar

import br.com.uware.aprendendo.parte3.comentario.ola as hello
import br.com.uware.aprendendo.parte3.comentario.readWrite

// Main com função importada
fun main(){
hello()
readWrite()
}

 

Assim modificamos a função ola() para o nome hello().

Também é possível fazer importação com caractere curinga que é o ” * “, ele é usado quando for necessário importar todas as funções do pacote.

ex:

package br.com.uware.aprendendo.parte3.importar

import br.com.uware.aprendendo.parte3.comentario.*

// Main com função importada com caractere curinga
fun main(){
ola()
readWrite()
}

 

Enfim espero poder ter ajudado com mais este tutorial de Começando a programar na linguagem Kotlin – Parte 3 para que dessa maneira você possa complementar seu aplicativo.

<- Parte 2





Rodrigo Leutz
Desenvolvedor Web e Android ( Kotlin e Java )
http://www.test.com/